Botas Masculinas: Conheça todos os tipos e como usar

botas masculinas

Usamos botas masculinas há muito tempo. A história da bota na sociedade nos fiz ter impressões variadas sobre muitos estilos desse tipo de calçado.

As botas evoluíram para muito mais do que calçados utilitários e hoje são símbolos fortes. Com tantas opções disponíveis e a moda cada vez mais rápida, fica complicado escolher uma favorita. Ninguém tem tempo de experimentar todos os tipos então hoje nós vamos percorrer alguns dos principais estilos e as várias maneiras pelas quais você pode usá-los em seu visual.

No texto passado nós falamos um pouco sobre como usar bota masculina de acordo com a formalidade das roupas para combinar com mais ou menos harmonia. Dessa vez vamos olhar com mais calma cada um dos estilos e como podem ser usados.

Você pode combinar os tipos de botas com os detalhes do primeiro texto para adequar o calçado ao seu guarda roupa pois existem variações mais casuais ou elegantes dentro de quase todas as opções.

Quais são os principais tipos de botas masculinas?

A primeira separação que fiz foi botas com cadarço e botas sem cadarço. Cada sistema de amarração (ou a falta de) carrega uma mensagem de formalidade diferente.

A segunda separação são os variados estilos de botas masculinas. Cada um tem a sua essência, mas são os detalhes que transformam o visual do calçado.

Para entender melhor como os detalhes afetam a bota, e como saber se uma ela é formal ou casual, elegante ou rústica, recomendo esse outro texto sobre como usar bota masculina.

Tipos de Amarração

As botas com cadarço tendem a ser mais formais. No guarda roupa clássico, não existe uma bota com cadarço que tenha a mesma elegância que uma bota com cadarço consegue ter. Deve ser porque o conforto de poder apenas enfiar o pé já é intrínsicamente casual.

Existem três principais tipos de amarração: “oxford/balmoral”, “derby/blutcher” e “lace to toe”. Primeiro vamos o que cada um deles significa na prática e depois falar dos principais estilos de botas masculinas com cadarço.

Ah, o que não vai faltar são fotos com muitas ideias para usar.

1. Botas Masculinas Oxford

botas masculinas oxford de couro marrom

No “oxford”, os furinhos por onde passam os cadarços são feitos diretamente sobre o corpo do sapato ou da bota. O cabedal é praticamente uma única superfície que acompanha todo o formato do pé. Por essa razão, esse tipo de amarração é considerado mais elegante e mais formal.

A idéia do design é que a bota ou o sapato formem linhas contínuas e fechadas. Existem menos botas assim no mercado porque a produção em massa tem mais dificuldade de servir diferentes tipos de pé.

Os modelos do tipo “oxford” tem essa desvantagem: se seu pé for muito alto ou largo, na hora de amarrar, a parte do sapato sob o cadarço vai formar um “V”. As duas carreiras não ficarão paralelas e isso é um indício de que o sapato não é para o seu pé.

Se, pelo contrário, seu pé for baixo ou relativamente fino, as duas carreiras de ilhoses tendem a se sobrepor uma sobre a outra. Além de ficar deselegante, a bota pode ficar deslizando no seu pé e te maxucar enquanto caminha. Não adianta puxar o cadarço e amarrar bem apertado porque ela não ficará firme no lugar.

Esses problemas não existem quando a bota tem um grau maior de personalização. Parte da formalidade do “oxford” também vem daqui, pois ele requer maior personalização. A indústria de calçados têm de levar em consideração não apenas o cumprimento do pé, mas também a sua altura.

2. Botas Masculinas Derby

botas masculinas derby de couro marrom

A diferença entre um “oxford” e um “derby” é uma só. No “derby” os furos por onde se passa o cadarço estão em uma aba de couro costurada sobre o cabedal da bota.
O problema da “oxford” não acontece com a “derby”, porque ela se adapta bem a qualquer altura que o pé possa ter. É por essa razão que as botas com cadarço desse tipo são as mais encontradas.

A possibilidade de apertar ou afrouxar os cadarços também é perfeita para quem precisa de firmeza. Por isso, muitas botas de trabalho e militares tem amarração, e existem muitos estilos casuais derivados dessas botas utilitárias.

Esse com certeza é o tipo mais comum de botas, com a maioria dos fabricantes de calçados produzindo sua própria versão. Independente de ser casual, já que possibilita oferecer elegância a uma parcela maior de homens, ou ser utilitária, pois oferece firmeza e amplitude de ajuste.

3. Botas Lace To Toe

botas masculinas lace to toe de couro preto

Eu poderia incluir as botas com esse tipo de amarração dentro das botas masculinas derby mas preferi separar para depois a gente discutir estilos diferentes dentro dessa segmentação.

A amarração é feita até o início dos dedos e por isso o nome: “lace to toe”. É a amarração mais casual de todas e bem rústica porque a construção deste tipo de bota tem princípios bastante utilitários.

Ao invés de terminar no peito do pé, as abas com ilhóses se extendem praticamente até os dedos (toes). Eram botas muito utilizadas em profissões que precisavam de bastante firmeza.

Botas assim costumam ter detalhes extras, como o salto inclinado (woodsman) e a franja que salto por baixo dos cadarços. As botas de trabalho esse tipo de amarração são pesadas, fortes, e firmes. Escolha certa para quem curte uma boa bota.

4. Botas Masculinas Sem Cadarço

botas chelsea masculinas

Algumas botas sem cadarço são bem mais elegantes do que certos modelos com cadarço, mas no geral elas tendem a ser mais casuais.

A origem de muitas botas assim está na cavalaria. Por muito tempo, botas com amarração eram mais decorativas e por isso vestidas em momentos de lazer.

Geralmente de cano alto, as botas sem cadarço serviam para proteger as pernas e eliminavao o risco do calçado ficar preso na montaria ou em partes móveis. As calças costumavam ficar dentro das botas, que seguravam o uniforme no lugar.

Com cano alto, cano baixo, elástico, fivelas ou zíperes, essas botas, mesmo quando formais, carregam um ar destemido que deixa rebelte até o traje mais elegante.

Concluimos a primeira parte. Agora você conhece os quatro principais grupos baseados na amarração. Agora vamos dar uma olhada nos principais estilos de botas masculinas com fotos para inspirar jeitos de usar.

Estilos de botas masculinas

As botas masculinas com cadarço tem a maior variedade.

Vamos começar por elas e descer até as botas sem cadarço, ok?

Dress Boots com amarração Oxford

Não sei bem como chamar as botas de amarrar que lembram sapatos. Vamos combinar “dress boots”, beleza?

Nesse grupo, coloquei botas de couro com silhueta longilínea, bico baixo e solas mais finas. Com o cano escondido pela calça elas são idênticas aos sapatos sociais.

As botas com tipo de amarração oxford são as mais formais. Elas combinam melhor com costumes e calças sociais. Pessoalmente, acho esse tipo de bota legal com ternos menos formais, com alguma textura no tecido. Também ficam melhores quando a calça do terno tem bainha italiana. Ajuda a balancear o peso e melhora o caímento por cima do cano.

Se você quiser mais versatilidade em um “oxford”, alguns detalhes podem compensar a formalidade inerente do estilo, como por exemplo variações de cores e materiais, solas duplas, storm welts e formas mais redondas. Mesmo assim, é difícil deixar essas botas mais casuais sem entrar no extremamente retrô ou muito modernas.

bota masculina social oxford

bota masculina social oxford preta

bota masculina social oxford marrom

bota masculina oxford com terno

bota masculina oxford com terno azul

bota masculina preta com terno

Dress Boots com Amarração Derby

As dress boots com amarração derby são menos formais do que suas contrapartes com cadarços fechados. Elas são mais versáteis, e servem para deixar um costume mais despojado, um look casual mais elegante e clássico, e combinações rústicas menos literais. Se você não vai usar bota só com terno é melhor aproveitar a versatilidade desse tipo de amarração.

O estilo mais fácil de usar é o cap toe derby, que é geralmente simples em design e apresenta pouco ou nenhum broguing. Esse design não é muito diferente daqueles usados pelos soldados dos exércitos britânico e americano durante a Segunda Guerra Mundial.

Quando você veste com um terno, a bota fica escondida com a mesma casualidade de um derby. A diferença é que o cano fica aparente durante os movimentos. O estilo fica utilitário, remetendo a quando terno não servia apenas para ficar dentro de um escritório.

Elas também são excelentes para combinações casuais clássicas quando sapatos seriam engomados demais e certas botas muito pesadas e rústicas. Gosto de calçar esse tipo de bota com calça jeans e camisas sociais casuais, com ou sem blazer, ou então com calça social e paletó descasado.

Outro jeito bem legal é combinar com peças de workwear com caimento bem ajustado. Dependendo dos detalhes, também ficam legais com uma simples camiseta básica. A forma baixa e refinada ajuda a quebrar a proposta utilitária e deixa o estilo mais alinhado.

Tem algumas fotos abaixo que mostram isso. Conseguem tirar aquela cara “trabalhador” literal que uma bota worker daria, trazendo o estilo worker para próximo de uma realide menos “cosplay”.

bota masculina derby com terno

bota masculina com terno azul

como usar botas masculinas

como usar botas masculinas

como usar botas masculinas

como usar botas masculinas

Botas Brogue

O termo “brogue” e “oxford” costumam ser misturados mas estão categorias bem diferentes. Como falei “oxford” diz respeito a amarração. “Brogue” é simplesmente aqueles perfurados decorativo no couro das botas ou sapatos.

Nada impede, portanto, que uma bota seja ao mesmo tempo do tipo “brogue” e do tipo “oxford”(mais formal) ou “derby” (mais casual).

As botas brogue são caracteriadas pelas perfurações decorativas no cabedal. Devido a origem do “brogue”, que está ligada ao trabalho, ela é um estilo de bota mais casual.

O que eu quero dizer é que em ambientes conservadores ela é considerada casual quando combinadas com ternos. Obviamente, quando calçadas com trajes do dia-a-dia elas tem um ar meio “gentleman”, pois eram calçados que os aristocratas britânicos usavam no campo.

Em colorações marrons é um calçado excelente para quem tem um estilo que beira entre o rústico e o que eu chamo de “britânico de caçada” (pense no James Bond quando vai para casas de campo, com jaquetas Barbour enceradas e paletós de tweed).

Ficam muito legais com solas tratoradas bem pesadas, utilitárias e que tem tudo a ver com a tradição dessas botas. Essas versões assim eu gosto de ver em combinações militares ou workwear não tão óbvias, principalmente silhuetas soltas e cortes largos. O peso da bota equilibra muito bem com esse visual.

bota masculina brogue

como usar bota masculina brogue

como usar bota masculina brogue

como usar bota masculina brogue

como usar bota masculina brogue

Bota Chukka

A mais versátil nesse espectro que ainda não ficou tão rústico é a bota chukka. Geralmente feitas de camurça ou de couro macio e encerado, as chukkas vêm em solas de couro ou solas de borracha. As versões com sola de crepe são conhecidas como desert boots e tem no máximo três ilhóses.

Elas são um clássico para o fim de semana e fazem um bom par com a alfaitaria casual. Certifique-se de que suas calças são cortadas ligeiramente mais curtas do que o habitual para que a barra descanse suavemente sobre as botas, ao invés de afogá-las em dobras de tecido.

O bacana dessas botas é que elas transformam qualquer visual. Deixam os ternos mais casuais, mais a vontade. Deixam as roupas básicas um pouco mais alinhadas. Nas fotos abaixo você vai reparar muito a questão dos materiais e formatos e como afetam a formalidade e harmonia.

botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

como usar botas masculinas chukka

Como Usar Desert Boot

Como Usar Desert Boot

 Work Boots e Service Boots

Agora entramos nas botas totalmente rústicas. O visual e o jeito de usar é bem parecido e por isso eu agrupei dois tipos de bota: as botas de trabalho retrô e as botas militares retrô.

No final do século dezenove e início do século vinte as botas começaram a perder seu espaço no guarda-roupa masculino social e ficaram mais forte em situações esportivas ou de trabalho. Por isso, grande parte dessas botas tem elementos que as tornam perfeitas para o nosso guarda-roupa moderno, cada vez mais casual.

As “Service Boots” são os coturnos de antigamente. Tem o cano mais baixo e bicos menos bulbosos do que os coturnos modernos. Eu resolvi separar das botas de combate modernas porque elas são muito mais simples do que as atuais, bem mais agressivas.

Os modelos de botas da segunda-guerra, como os Boondockers, passam desapercebidos para quem não conhece. Digamos que, com uma work boot, aquela sua jaqueta militar vintage não vai ficar tão GI Joe quanto com um coturno moderno.

As Work Boots normalmente, são botas inspiradas em antigos calçados de trabalho, feitas com couro grosso e costuras reforçadas. São diferentes das botas de trabalho modernas e dos coturnos atuais porque apesar das origens, conseguem quebrar a estética literal e se adaptam muito bem ao casual.

São as botas perfeitas para usar com calça jeans, camisas de flanela, jaquetas de couro ou jeans, enfim: tudo que tem essas mesmas origens utilitárias!

botas masculinas

bota worker de camurça

botas masculinas iron ranger pretas

botas masculinas iron ranger pretas

botas masculinas iron ranger pretas

botas masculinas oak street bootmaker caramelo

botas masculinas worker como usar botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas worker como usar

botas masculinas militares como usar

bota masculina de camurça como usar

bota worker masculina

bota worker masculina

Botas Moc Toe

Se você quer um calçado casual confortável e durável uma bota bota masculina é a opção certa. Um dos estilos mais versáteis e confortáveis é aquele inspirado pelas botas de trabalho antigas, como a bota moc toe. O simplicidade do visual retrô dessa bota é rústica e tem traços masculinos fortes, complementando com força e poder qualquer combinação casual.

O estilo tem esse nome por causa da costura no topo do bico, que lembra a construção mocassim. O propósito por trás do design é evitar que a água entre pela lateral da bota, numa época quando ainda não existiam membranas impermeabilizante. O pé do caçador estava a salvo a não ser que ele ficasse muito tempo com o pé inteiro submerso.

O legal é que a sola branca faz dela quase um tênis, né? Na hora de usar elas funcionam praticamente como uma work boot mas na minha cabeça puxam mais para o ar livre, o trabalho e esporte outdoor, ao invés de militarismo e trabalho industrial. Por isso, também ficam bem legais com anoraks e peças de pesca/montanhismo/acampamento.

botas masculinas moc toe

botas masculinas moc toe

botas masculinas moc toe

alan delon botas masculinas moc toe

botas masculinas moc toe rústicas

botas masculinas moc toe rústicas

botas masculinas moc toe rústicas

botas alden

botas red wing moc toe

Botas Lace to Toe

As botas lace to toe são um clássico do workwear que não tiveram tanta exposição, mesmo nos auges da onda heritage, quanto outros estilos de bota. Não são botas tão conhecidas quanto as Moc Toe. Pouca gente tem, mas muita gente deveria ter!

As marcas e linhas casuais também fazem se inspiram em profissões exigentes para dar um ar de nostalgia aos seus produtos, batizando as botas com nomes como “Lineman”, “Roofer”, “Bridgeman”, “Logger” e “Hiker, sempre referenciando atividades que demandam proteção e segurança.

Existem duas variações principais. Em alguns modelos, a aba que segura os cadarços desce até a sola e a bota tem uma costura horizontal que normalmente compoe uma segunda camada de couro para reforçar a lateral. A segunda variação é quando a aba não vai até a sola, e a bota tem mais curvas.

Muitas botas lace to toe tem solados vibram e detalhes retrô como saltos inclinados (woodsman), solas grossas para aguentar trabalho, e a franja removível que serve como língua dupla para proteger o pé do atrito com os cadarços.

Você pode usar da mesma maneira que uma work boot ou uma moc toe, mas por ser um estilo menos comum ele automaticamente deixa tudo com um ar ainda mais vintage. Mesmo quando elas são monocromáticas e tem formas mais apertadas, como a primeira e segunda foto abaixo, ainda ficam bastante retrô.

botas lace to toe old joe

botas lace to toe red wing lineman

botas masculinas lace to toe white's boots

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

botas masculinas lace to toe

Botas Masculinas sem cadarço

As botas sem cadarço podem ser divididas entre botas com elástico, botas com fivelas, botas com zíper e botas “pull on” (sem nada).

Eu acho que bota sem cadarço deixa tudo mais despojado. Só de não ter que amarrar você já passa um ar de despreocupado, sabe? Só enfia o pé e sai pra rua.

É claro que as regras de formalidades também se aplicam aqui. Existem algumas que ficam super legais com alfaiataria!

Chelsea Boots

Um excelente meio termo é a botina Chelsea, e aqui começamos a transição para botas que são mais casuais.

Este é mais um estilo que recebeu o nome de uma localização da Inglaterra – desta vez a área afluente do oeste de Londres, que ganhou enorme visibilidade durante os movimentos sociais nas décadas de 50 e 60.

A Chelsea é definida pelo elástico na lateral. Diz-se que o próprio sapateiro da Rainha Victoria criou o design, que foi favorecido pela monarca em longas caminhadas. Após a Segunda Guerra Mundial, jovens de Londres ansiosos pela mudança viram seus heróis usá-las no palco: The Beatles, The Rolling Stones, Jimi Hendrix, Bob Dylan e muitos outros deram ao estilo uma nova conotação

Ela pode ser muito elegante quando é mais alongada, tem sola de couro e fica bem rente ao pé. Ela também pode ser bem casual se tiver forma ampla e couro oleado com solado de borracha. A Chelsea é um design versátil que também funciona bem tanto com alfaiataria quanto roupas casuais. Tudo vai depender da forma e do material.

Esse texto aqui explica mais detalhes sobre os diferentes tipos de chelsea boots, dos mais elegantes aos mais rústicos.

bota chelsea masculina marrom

bota chelsea masculina de camurça

como usar bota chelsea masculina

como usar bota chelsea masculina

como usar bota chelsea masculina

como usar bota chelsea masculina

como usar bota chelsea masculina

como usar bota chelsea masculina

Bota Jodhpur e Botas Side Zip

Agrupei essas duas botas porque na minha opinião elas acabam exercendo papéis parecidos.

As botas Jodhpur também tem inspiração equestre mas ao contrário do elástico da Chelsea, a Johdpur tem uma abertura na parte de trás que é fechada por uma tira com fivela. A gáspea da bota é completamente lisa, sem nada que possa atrapalhar na montaria.

As sidezips também lembram chelsea boots. Algumas tem cano alto e outras mais baixo, mas o design é marcado pelo fecho com zíper (normalmente na parte interna).

Nos dois casos, o design é bem clean e agudo. Na Johdpur o que chama atenção é a fivela e na Side Zip é o Zíper. Os dois detalhes e o design fazem delas uma das botas com mais personalidade, com um ar que varia entre o cowboy e o europeu sofisticado.

Ultimamente elas tem aparecido muito no streetwear graças a SLP, onde as pessoas vestem com calças skinn, mas também não quebraria as linhas de um terno, com proporções menores e modernas para combinar com o estilo da bota.

As sidezips com solas finas combimam perfeitamente com marcas contemporâneas como Robert Geller, Stephen Schneider, e Christpher Lemaire. Ficam bem bonitas com uma café racer Margiela em uma das fotos abaixo. É um look “dressy” mas ao mesmo tempo despojado.

botas masculinas johdpur

botas masculinas johdpur

botas masculinas johdpur

botas masculinas johdpur

botas masculinas com zíper

botas masculinas com zíper

Engineer Boot

A origem do nome é estranha quando pensamos no perfil do engenheiro moderno. A explicação é que dia a dia do profissional de hoje é diferente do que era quando a bota foi batizada.

O significado original da palavra “engineer” é alguém que desenhava ou construia motores (engines), mas ela também era usada para chamar as pessoas que operavam equipamentos pesados. Até hoje, é comum chamar os condutores de “railroad engineers” nos Estados Unidos.

E foi por isso que a Engineer Boot surgiu como uma das candidatas para botas perfeitas entre os motociclistas na década de 1950 e por um tempo foi eleita a melhor bota para andar de moto.

As necessidades eram as mesmas que os engenheiros tinham nas ferrovias: Ela não tem cadarços e adereços que pudessem ficar presos nas partes móveis da moto, protege a perna do calor, e protege o motociclista no caso de queda. De quebra, tem um visual transgressivo e bem agressivo.

Essa é uma bota que pelo design, tem uma formalidade baixa. Na minha opinião só serve para uso casual.

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

botas masculinas engineer boots

Botas Westerne e Roper

Eu não sei bem a diferença entre as Roper Boots e as Western Boots lá fora, mas elas sempre estão divididas nos sites de botas. Acho que a Roper tem o salto reto e costuma ser mais baixa, com o cano um pouco mais largo. Já as Western, tem saltos estilo “woodsman”, cano mais alto e costumam ter decorações no cabedal e cano.

Essas duas botas são muito bacanas. O cano alto deixa a calça (reta) com um caimento muito legal. Eu prefiro as com bico arredondado, mas tenho no meu armário uma com bico fino que é incrível. Gosto de buscar inspiração em filmes de cowboy e também num estilo meio Han Solo que é difícil de explicar.

Um sapateiro uma vez me disse que elas “te deixam mais alto, estufam seu peito, alargam o ombro e afinam a cintura”. Sei que aqui no Brasil elas tem estigma de sertanejo, mas eu recomendo comprar uma. Você vai se surpreender!

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

bruce springsteen botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

botas masculinas cowboy e pecos

elvis de bota cowboy

neil young de bota cowboy ralph lauren de bota cowboy

bota cowboy

bota cowboy

 

Harness Boot

A Harness Boot tem esse nome por causa das alças de couro e anel de metal, que lembra um bridão. Uma alça atravessa a parte superior do pé, uma alça envolve dá a volta no tornozelo e outras duas descem em direção a sola. As quatro tiras são mantidas no lugar pelos dois anéis de metal que estão localizados em ambos os lados do tornozelo. A finalidade desses detalhes é puramente decoração e estilo.

E por isso, essa é uma bota que transpira estilo. É um visual “durão” pra chutar muita lata e proteger seu pé. Elas são muito populares para andar de motocicleta, mas versões com forma fina também são bem “rock n roll”. Elas ficaram muito populares nos últimos anos por causa de um modelo feito pela Saint Laurent.

As versões mais largas e pesadas estão meio fora de moda. Não aparecem muito mas é fácil usar com roupas igualmente duronas, como jeans preto, um jeans surrado ou uma daquelas calças de lona. A mesma roupa que você usaria com uma Engineer ou uma bota Cowboy, só que mais agresivo.

Se a bota for larga como a da foto abaixo, eu recomendo proporções iguais na calça: prefira cortes retos aos muito justos. Se for uma bota fina, como a da Saint Laurent na segunda foto, é melhor uma calça com boca bem ajustada.

bota masculina com fivela

bota masculina com fivela

bota masculina com fivela

Coturnos e Combat Boots – Botas Militares

O desenvolvimento feroz e a necessidade de roupas duráveis e utilizáveis ​​garantiram que a Segunda Guerra Mundial desse origem a uma série de roupas bem desenhadas, muitas das quais ainda são usadas hoje por pessoas normais, no dia-a-dia.

As botas de combate não eram nada confortáveis e práticas. A medida que os uniformes foram ficando mais modernos, adotando materiais sintéticos e utilitários, as botas também mudaram.

Os coturnos começaram a ficar mais altos e incorporar novas tecnologias, mais confortáveis e seguras. O estilo perde aquele ar “retrô” das botas militares de outrotra e passa a ficar mais pesado, mais táticos. Foi por isso que separem essas botas das outras.

Como são pesadas, combinam melhor com jeans e um sobretudo ou casaco igualmente robusto. Como são relativamente discretas, ficam bacanas com camisetas meio surradas e calças detonadas. Um visual bacana que tem voltado é usar com calças jeans claras, bem anos 90.

Por último, eu também acho muito legal combinar com outras marcas que fazem roupas com detalhes utilitários e tecidos técnicos. Fica bastante futurista… meio Cyber Punk do jeito que imagino alguns persongens de certos livros do William Gibson.

botas masculinas militares modernas

botas masculinas militares modernas

coturno masculino margiela botas masculinas estilo tático

bota visvim
como usar coturno masculino
como usar coturno masculino

como usar coturno masculino
como usar coturno masculino
como usar coturno masculino

Bota Hiking – Montanhismo Retrô

Botas de caminhada elegantes não existem, mas você encontra muitas botas de trilha estilosas. Muitas marcas de grife estão apostando no visual e as marcas antigas estão relançando botas de trilha com visual retrô adaptado para o dia-a-dia na cidade.

A melhor coisa sobre as botas de caminhada é que, independentemente do estilo, elas quase sempre retém algumas funcionalidades: a sola aderente e confortável, o material impermeável e a indestrutibilidade.

Normalmente, fabricadas de couro mais resistente. Costumam ser impermeabilizadas por membranas como a gore-tex  e ter línguas duplas para ajudar a manter os pés secos.

O jeito mais legal de combinar é com outras roupas inspiradas no montanhismo. Pensa naquele pessoal que escalava picos nas décadas de 20 e 30, ou a turma da Patagonia em Yosemite na década de 60.

Outra ideia legal é trocar o coturno e a bota worker por uma bota dessas. Eu acho que fica bem mais urbano com calça jeans e uma jaqueta militar vintage. Mais Italiano, menos Americano, sabe?

paraboot avoriaz

como usar bota masculina estilo hiking

como usar bota masculina estilo hiking

como usar bota masculina estilo hiking
como usar bota masculina estilo hiking

Finalizando: Dicas rápidas para comprar botas masculinas

Esses são os principais estilos de botas masculinas. Espero que as fotos e as dicas ajudem você a escolher o tipo certo para a sua identidade.

Escolhendo um modelo clássico que se encaixa bem nas suas roupas você terá um produto que vai usar muito, com conforto e confiança. Você não precisa ter muitas botas, pois bastam poucos pares de qualidade que você realmente gosta para estar bem calçado durante muito tempo

Recomendo que você economize para comprar uma bota bem feita com exatamente o design que você quer. Garanto que vai aproveitar muito mais. Existem marcas que são consideradas as melhores marcas de botas do mundo, mas você não precisa comprar algo fora do seu orçamento. Basta escolher uma opção com bom custo benefício. Nesste guia eu expliquei alguns pontos que diferenciam um sapato de qualidade.

Quando for comprar uma bota preste atenção no tamanho. É muito comum que uma bota masculinha tenha numeração grande. A maioria dos modelos que usamos hoje foram feitos em cima de formas usadas para fabricação de botas de trabalho. Essas botas eram largas para acomodar palmilhas, meias grossas, e o inchaço do pé durante as longas horas de labuta.

Sempre que possível, experimente antes de comprar. Nem toda forma serve bem qualquer pé. Se não for possível experimentar, pergunte. Utilize os canais de atendimento das lojas online, pesquise em foruns, leia reviews. Se informe para fazer a escolha certa. Você nunca deve abrir mão de um bom calce e conforto.

Como falei, o objetivo desse texto era dar uma visão geral dos estilos de botas para você ter uma boa idéia de quais são as opções e como pode usar. Acho que pelo menos uma dessas fotos deve ser de um estilo que você curte ou gostaria de ter.

Cada tipo de bota tem sua história e particularidades, que renderiam um artigo exclusivo sobre cada uma. Então me diga: Sobre qual bota você gostaria de saber mais? Te aguardo nos comentários!

banner-loja-geralPowered by Rock Convert
Lucas Azevedo
Escrito por Lucas Azevedo