Botas Test Drive

Bota Louie: Vale a pena comprar? Confira a review!

Mais uma review de botas nacionais. Se você já assistiu ao vídeo conferindo dois sapatos da Louie, viu que falei de uma bota mas não postei nada aqui. A bota em questão é o modelo Louie Narde, uma releitura contemporânea de um brogue cap toe. Chegou a hora de falar dela!

Botas masculinas são uma opção perfeita para o dia-a-dia. São ótimas também para quem quer um calçado mais sério do que um tênis esportivo mas não está preparado para usar sapatos. A bota certa pode ser a melhor parceira do guarda-roupa de um homem. Só enfiar o pé e sair por aí.

No entanto, não é fácil encontrar uma boa bota. Existem muitas opções de marcas brasileiras, mas quanto realmente vale cada uma? Normalmente, os sapatos mais baratos duram menos, e os mais caros duram mais, mas como descobrir se não estamos sendo enganados?

Pensando nisso, comprei uma bota da Louie, uma das marcas de sapato mais conhecidas do momento. Gravei um vídeo e a seguir vou listar alguns dos principais pontos! Espero ajudar a jornada em busca das botas masculinas certas!

Assista ao vídeo para conferir!

Um pouco sobre a Louie

A Louie é uma marca de sapatos, principalmente masculinos. A proposta é clássica, com produtos para todas as ocasiões.

De vez em quando lançam sapatos com propostas modernosas mas o forte da marca é ter clássicos que, por incrível que pareça, você não encontra com tanta facilidade no Brasil. A ideia é oferecer produtos que fechem a conta entre o visual x qualidade x preço.

Como eu falei neste post polêmico sobre o processo de fabricação da Louie, eles não tem fábrica, mas produzem seus sapatos em uma das melhores do Brasil.

Como foi comprar uma bota no site da Louie

Uma compra foi tranquila. A página do produto tem muitas fotos e reviews de quem comprou. Aproveite também a orientação de medidas para escolher o seu tamanho. Eu segui o guia na hora de comprar essa bota e funcionou.

A encomenda chegou antes do prazo, e a bota veio junto com os dois sapatos. Os três produtos vieram lacrados e muito bem embalados. A bota veio com uma cartilha informativa e um saco de flanela que é muito bom para viagens.

Com certeza um site confiável.

1. Bota Louie Masculina Narde Azul

Bota Louie Masculina Narde

A bota Louie Narte é um modelo clássico em uma cor um pouquinho ousada. Azul foge do comum, mas não chega a ser uma escolha arriscada. É uma cor comum no guarda-roupa masculino e assim, consegue ser uma bota discreta mesmo sendo diferente. É uma cor segura para quem tem muitos calçados marrons e pretos e gostaria de algo mais divertido.

 

O formato é bonito mas depois que tirei as fotos, achei um pouco alongado. Tenho certeza que essa sensação de bota comprida é vem do corte do cabedal. Se a curva da aba por onde passam os cadarços não fosse alongada até o calcanhar, e o desenho ficaria mais equilibrado. É mais ou menos o que eu também senti com a bota brogue da Brogan. Olhe um brogue da Tricker’s para entender a diferença na lateral e como o desenho afeta as proporções da bota.

Ela não é uma bota formal. O design é um cap toe com brogue. Cap toe é essa biqueira, e brogue são as perfurações ao longo do cabedal. Esses dois detalhes são casuais. Outra característica que diminui a formalidade é a sola tratorada. Essas características tem conotação informal porque estão historicamente associadas a botas de trabalho.

A regra para calçados, durante muito tempo, foi: quando mais detalhes, mais informal. Hoje, o design dessa bota puxa para um lado “gentleman”, e por isso ela provavelmente vai ser ser considerada elegantíssima por muitos. Eu não usaria com um terno formal (lã fria), mas como minha visão é diferente, você poderia usar e provavelmente todos te achariam “vintage”. Pessoalmente, acho que fica melhor com calças de tecido informal e encorpados (um jeans, um chino mostarda, uma calça de sarja verde escuro…). Um terno, se for de tweed ou algo do tipo.

 

Cabedal

Bota Louie Masculina Narde 3

O couro é liso, azul escuro. Essa não é a cor mais tradicional, mas como falei, não é nada diferentona. Dá para encarar e ter uma bota diferente no armário.

É difícil falar sobre o couro sem usar por muito tempo. Só o uso vai mostrar como o material se comporta, mas eu senti a mesma coisa que senti nos sapatos. O couro é bonito, mas parece fraco. Não é questão de espessura ou rigidez. É difícil explicar sem colocar as mãos. Parece que estou falando mal, mas não estou! Para o Brasil, é um bom couro.

A bota tinha algumas marcas na lateral de um dos pés. Eu mostrei no vídeo, e são rugas de uma parte do couro que não é tão boa (tem menos elasticidade). Não vai afetar a durabilidade, mas compromete o envelhecimento da bota. Essa parte já não é tão bonita quanto as outras e vai marcar muito mais.

Quanto ao acabamento, impecável. A costura tem bastante pontos por centímetro e as perfurações do brogue estão todas muito bem alinhadas. Digo isso porque já vi botas onde o forro aparecia nos furos porque as partes ficaram desalinhadas na hora de juntar.

A bota é toda forrada em couro, o que é excelente para transpiração e conforto. Eu só recomendo você deixar a bota descansar e não usar intensamente por muitos dias seguidos. É importante deixar o material secar. Essa dica vale para qualquer calçado de couro que você tem!

Construção e acabamento

Bota Louie Masculina Narde 4

A Louie trabalha com construção blaqueada. É uma costura feita por uma máquina que perfura a sola e une o cabedal, palmilha de montagem e solado. A vantagem é a fixação melhor do que apenas colar, sem tirar a flexibilidade.

Essa bota tem uma vira falsa (essas costuras do lado de fora da sola não estão presas a nada) que dá peso ao modelo e deixa a bota com aspecto mais forte. Eu gosto, apesar de ser um detalhe totalmente estético. A costura em botas como o brogue da Alden, por exemplo, realmente prendem a sola e fazem parte de uma outra construção, a goodyear welted.

A palmilha de conforto cobre a bota toda e é forrada em couro. A palmilha de montagem por baixo também parece ser de couro. Bem legal. A outra opção muito usada por calçados brasileiros é uma espécie de papelão. Nem preciso falar…

Solado

Bota Louie Masculina Narde 5

O solado da bota é de borracha preta tratorada. Não tenho muito o que falar aqui… eu calcei e ele é confortável. Não é uma borracha mole, é encorpada. Eu acho que deve durar bastante, mas só o tempo dirá.

Esse tipo de sola deixa a bota casual. Acrescenta um peso que combina bem com os elementos outdoor que ela tem (brogues vieram do campo!). Não é uma sola elegante, mas é excelente para caminhar no dia-a-dia e para passar muito tempo em pé!

 

 

Calce 

Bota Louie Masculina Narde 2

Segui a orientação de tamanho do site da Louie e deu certo. Medi meu pé como disseram e mandei ver. Funcionou!

Quando experimentei o sapato oxford da Louie eu achei sem estrutura. O calçado blaqueado não tem muita coisa entre a sola e o pé, e isso prejudica o suporte. A sola grossa de borracha compensa. A bota é mais alta, e tem o amortecimento que falta nas solas finas de couro quando estão desacompanhadas da estrutura de um sapato mais robusto.

Sola de borracha não é necessáriamente melhor que a sola de couro. Cada uma tem a sua vantagem. Mas no caso de sapatos blaqueados, a sola de couro costuma ficar muito seca. Sola de couro em um sapato palmilhado ou goodyear, já é outra história.

Algo que eu notei quando calcei é que o couro deforma um pouco. Acho que na foto acima vocês conseguem ver como parece que o meu pé está saindo para fora da bota. Pode ser que ele seja largo demais para a bota, ou então é a questão do couro “mole” que falei.

 

Conclusão

sapatos Louie

Veredito final? Após avaliar os dois sapatos aí em cima e a bota, cheguei a conclusão que a Louie é uma ótima opção para sapatos formais e casuais com estilo clássico. Todos os três modelos são excelentes opções para comprar no Brasil.

Essa bota é bem legal e tem uma forma bonita. O visual é clássico, a cor diferente. Não é a primeira bota que você deve comprar, mas é uma excelente primeira opção na hora de sair do comum. Quando estiver cansado de só usar marrom e preto, pense no azul. É uma cor fácil de combinar e que você provavelmente já tem bastante no guarda roupa.

O estilo dessa bota Louie é bem casual, mas só na cabeça de quem “liga” um pouco mais para calçados. Os detalhes do cabedal e a sola de borracha tratorada fazem dela uma bota ideal para usar no dia a dia, com calça jeans ou calças de sarja, mas eles também tem o efeito oposto. Com a onda vintage e o contexto mais despreocupado da moda masculina no Brasil, detalhes como o brogue viram sinônimo de um “formal hipster vintage”, então você pode até usar com um terno para deixar tudo mais descontraído e ficar bem elegante.

Se for comprar sapatos ou botas nacionais, eu recomendo conferir os modelos da Louie. Quase todas as opções do site são de muito bom gosto. A “pré-seleção” é muito boa e a chance de você errar muito pequena. O material poderia ser melhor, mas eles tem um design bonito, proporções clássicas, preço justo e um ótimo atendimento.

É isso aí! Essa foi o meu unboxing de uma bota da Louie. Compartilhe a dica se gostou, e deixe nos comentários qual produto nacional você quer ver na próxima review!

Huberds Shoe Oil

 

Você também pode gostar

8 Comentários

  • Responder
    Raul Pereira
    06/11/2017 at 14:10

    Somente uma observação sem maior importância: O azul brilhoso parece com carapuça de alguns insetos, ao menos nos fotos. Esse detalhe me incomoda bastante.

  • Responder
    Cabral
    07/11/2017 at 10:45

    Lucas, tenho uma Bota Astana da Louie e concordo com muito do que você disse, me parece a melhor marca nacional, mas só posso dar esse selo para eles daqui a uns 3 anos… Rs
    O cadarço é de má qualidade, o meu não durou um mês! Tive que substituir por um de uma bota de neve, ficou até mais interessante, com uma cara mais descolada, mas me decepcionei com isso e abaixou as minhas expectativas futuras.

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      08/11/2017 at 21:41

      Oi Cabral, tudo beleza? Gostei da sua dica: Colocar uns cadarços diferentes para vender aqui no site seria uma ótima ideia.

      Eu já calcei bastante o modelo de bota que a Astana usa (outra bota, mas na mesma base dessa fábrica) e é bem legal. Fica bem slim no pé, bacana com calças com bocas mais justas! Vai acompanhando e atualizando a gente sobre a evolução.

      Abs!

  • Responder
    Pedro Otero
    07/11/2017 at 23:07

    Muito bom o blog, parabéns pelo trabalho!
    Cara tenho uma bota da louie Astana. Sempre acho q ela nao fica legal em looks casuais. O q acha de usar ela com jeans ou calça de sarja ? Camiseta? Camisa?
    Valeu
    Abraços

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      08/11/2017 at 21:37

      Oi Pedro. Obrigado!

      Realmente é uma bota mais alinhada do que essa, mas ainda fica legal em looks casuais. Pra essa proposta casual eu usaria com qualquer uma das duas calças que você sugeriu e uma camisa de botão com alguma estampa ou textura. Uma xadrez, lista, jeans ou algodão oxford, por exemplo. A idéia nas fotos do produto do site da Louie é bacana (a com jaqueta jeans, a de terno eu não gostei). Camiseta lisa, também é uma boa. Em dias mais quentes eu gosto de colocar uma calça verde militar, bota marrom e camiseta azul marinho, por exemplo.

      Espero ter ajudado! Abs

  • Responder
    Afonso
    12/11/2017 at 19:53

    Bom post Lucas! Parabéns pelo trabalho. Uma marca que eu queria ver um review é a The Craft, minha sugestão de modelo seria o Aquila Brogue. Valeu!

Deixe uma Resposta