0
bota brogan glover brown
Botas Test Drive

Bota Brogan Glover Brown: Tudo que você precisa saber antes de comprar

Eu recebo bastante perguntas sobre botas nacionais. Tenho no blog uma lista co as melhores marcas de botas dos Estados Unidos, e outra com as melhores marcas de bota do Japão, mas nenhuma lista de marcas de botas brasileiras. Resolvi preencher e essa lacuna e conferir de perto alguns produtos. Vamos começar com a review de uma bota Brogan?

Assista ao vídeo, ou leia o texto abaixo para mais fotos e detalhes!

 

A Brogan

A Brogan é uma marca de calçados relativamente nova. Ela começou vendendo apenas botas, e há alguns meses lançou seus primeiros sapatos e acessórios. O estilo é irreverente, com personalidade forte. Os produtos são casuais, despojados, e tem “cara de Brogan”.

A inspiração é o estilo café racer que teve seu auge nos anos 60. O fundador faz parte de uma família de sapateiros, e quis traduzir este “life style” em sapatos. A idéia era trazer de volta o “rei do cool”, Steve McQueen, mas o resultado é mais John Varvatos/Ed Hardy, um rocker do início dos anos 2000.

A Compra

bota brogan glover brown

Comprar no site foi bem tranquilo. Recebi todos os e-mails de acompanhamento padrão.

A encomenda chegou antes do prazo previsto e os dois produtos que comprei (uma bota e um sapato) vieram dentro de duas caixas de papelão parto. Gostei desta embalagem dupla porque protege melhor o produto, já que a cartolina da caixa dos sapatos não é tão firme.

O produto foi embalado com bastante cuidado. Cada pé da bota veio dentro de um saco plástico, embaladas em um lacre de qualidade com alguns textos sobre a proposta da Brogan. É bom quando calçados de couro vem embalados individualmente porque evita marcas no couro resultantes do atrito durante o transporte.

A Bota Brogan Glover Brown

bota brogan glover brown

A bota que escolhi foi a Bota Brogan Glover Brown. É uma bota brogue em couro marrom escuro.

As botas, sem dúvida, tem personalidade e transmite uma certa rebeldia. O padrão de qualidade também é bem legal para o Brasil. Esses são os principais pontos:

Design

bota brogan glover brown

Como eu disse, a Glover é uma bota brogue.

Brogue são as perfurações decorativas no couro. A origem desse detalhe está ligada ao workwear. Antigamente, os buracos eram reais, e serviam para drenar a água. Hoje, são apenas decorações estéticas que deixam os sapatos mais casuais.

Para ser sincero, eu não gosto muito da forma das botas da Brogue. Acho muito alongadas e o bico muito virado para cima. A maioria também tem acabamento exagerado para ficar com cara de usado, além de excesso de detalhes. Eu gosto de botas mais simples.

Essa é uma das formas deles que eu mais gosto. Ela ainda é alongada, mas por ser mais alta a sensação de comprida diminui. A altura no bico dá peso visual para a bota e também contribui para a casualidade do produto.

Tenho até uma dica… a Brogan não tem fábrica. A maioria das marcas do Brasil não tem. Elas tercerizam para as mesmas fábricas. Isso é até um dos motivos para eu ter demorado tanto para escrever sobre marcas nacionais, porque é difícil diferenciar produtos que são feitos no mesmo lugar.

Por que isso é uma dica? As fábricas tem formas e solas disponíveis que as marcas podem escolher e montar as suas botas. Toda bota da Brogan com sola igual a essa, tem o mesmo formato. A Denver, por exemplo, usa a mesma base da Glover. Isso vale entre marcas também. O que isso significa? Que vocês podem comparar preços e também saber melhor qual é a numeração.

Cabedal

bota brogan glover brown

O couro dessa bota é marrom escuro e o acabamento para dar cara de usado é bem mais discreto. Ele tem tons mais escuros nas extremidades, beirando o preto.

O material é bacana. Couro é um produto natural e pode apresentar marcas. As melhores marcas conseguem as peles com menos marcas, e na hora de cortar os pedaços para montar o cabedal, evitam partes marcadas. O aproveitamento diminui e por isso o preço aumenta.

A bota da Brogan tem poucas marcas. Só reparei algumas na lateral. Essas marcas não afetam a durabilidade (alguns tipos de marcas afetam, mas essas não), então é apenas estética e não me incomoda.

É difícil falar sobre o couro sem usar a bota por muito tempo. Só o uso vai mostrar como o material se comporta com o tempo.
A consistência do couro é fraca. As partes de cima do couro (couro full grain, de flor integral) tem fibras mais fortes, e por isso uma consistência firme.

Não é questão de espessura ou rigidez. O couro da bota é fino e sem firmeza. É difícil explicar, mas uma comparação seria você dobrar/amassar um papel e amassar uma machinha de modelar. Parece que estou falando mal, mas para o Brasil, é um bom couro.

bota brogan glover brown

bota brogan glover brown

Agora… o que me mata: Zíper! Ele é necessário em algumas botas com cano fino, por exemplo, mas na minha opinião deve ser evitado ao máximo. Abre um novo ponto para a água entrar e cria um elo fraco no cabedal da sua bota. Abre e fecha, abre e fecha… se emperrar, já era! Recomendo deixar fechado e usar os cadarços.

Ah, um detalhe que eu senti falta foram os ilhoses. A bota não tem metais no buraco dos cadarços, e eu acho que colocar ilhós combina muito com a proposta de um brogue casual, mais pesado. Deixa claro que não é um sapato social! A Tricker´s faz isso muito bem. Novamente… apenas uma preferência. Gosto é gosto!

Construção e Acabamento

bota brogan glover brown

A bota é forrada de couro. Ajuda a dar um pouco mais de estrutura para o couro fino.

A palmilha é acolchoada, fixa, e também forrada em couro. Por baixo dela, eu senti uma estrutura que parece ser de EVA. Essa palmilha de montagem dá um conforto a mais para a bota.

Melhor, só se fosse de couro espesso, que consegue se moldar ao nosso pé. Entre colocar de couro fino (só pra falar que é de couro) e de EVA, eu prefiro essa acolchoada.

Por causa dessa estrutura a bota é macia logo de cara. Não precisa usar para amaciar. Perde um pouco na durabilidade e personalização de longo prazo, mas ganha na maciez imediata.

A biqueira e calcanheira parecem boas. É difícil opinar sobre isso sem cortar a bota ao meio e saber de que são feitos. Pressionei e mantiveram a forma, mas só o tempo dirá.

O brogue da Brogan tem construção blaqueada. O que é isso? É uma costura que perfura a sola, unindo o cabedal, palmilha de montagem e solado. Uma máquina faz esse processo (não, essa bota não é feita à mão) e a fixação é melhor do que só colar. Poucas marcas fazem isso no Brasil, então a Brogan está muito bem.

A desvantagem é que você consegue sentir a costura dentro da bota (por isso a palmilha para cobrir os fios) e que a perfuração da sola até o interior abre um canal para a água entrar. A vantagem, é que ela permite um corte da sola mais rente ao cabedal na lateral e é mais flexível do que a construção goodyear welted.

As costuras da bota são impecáveis e os furos do brogue estão muito bem alinhados. As vezes, quando esse trabalho de montagem é feito com pressa, as partes e o forro ficam desalinhados e você consegue ver o espaço nas perfurações. Na Glover está tudo ok.

Solado

bota brogan glover brown

O solado da bota é de borracha, tratorado. Seguindo o espírito de “surrado”, ele já vem com manchas que simulam poeira.
Eu gosto desse tipo de sola porque ela tem a aderência e a altura do tratorado mas os dentes não ficam visíveis pra quem olha de lado. A bota não fica com cara de bota de trabalho pesado, como uma Yellow Boot, por exemplo.

A borracha parece bem resistênte e, ao contrário do couro, tem uma consistência bacana. Ela não é molenga mas consegui sentir amortecimento. Muitas vezes confundimos conforto com ser macio, mas o importante é ter estrutura e um bom calce.

O meio da sola é de um material que simula o couro e tem um “patch” de couro com o logo da Brogan. Achei bem legal. Um jeito de diferenciar a bota.

O salto da bota também é de borracha mas entre a sola e o salto tem um taco de material que simula o couro.

Novamente, só o tempo dirá se a sola realmente é durável, mas minhas primeiras impressões foram boas.

Calce

bota brogan glover brown

O calce da bota é “pau para toda obra”. A bota não tem um formato anatômico ou tão moldado como algumas botas mais caras. A idéia é calçar o maior número possível de pessoas. Por isso, eu não senti o mesmo encaixe que sinto numa bota White´s, por exemplo.

Você não deve ter nenhum problema de desconforto com essa bota. A palmilha mais o EVA e a sola de borracha deixam ela bem macia, e é leve.

A numeração que eu comprei é a minha padrão de botas. Ou seja, a forma é grande e eu peguei um número menor do que calço num tênis Nike ou uma bota Timberland. Eu recomendo que você compre um número menor do que seu maior calçado.

Veredito final

Sim, a construção e os materiais poderiam ser melhores. A fábrica que faz as botas da Brogan pode ser considerada uma das melhores do Brasil mas mesmo assim está bem abaixo de fábricas de botas lá de fora.

Independente de qualquer comparação, é um bom produto dentro da nossa realidade e nosso mercado. Lembre-se, que apesar das botas de fora serem melhores, elas também são mais caras.

No fim das contas, é uma boa opção de brogue no mercado nacional que seria melhor sem o zíper. A marca é nova, então com o tempo teremos mais pessoas usando e aí sim, será possível conversar sobre durabilidade.

É isso aí! Essa foi o meu unboxing da bota Brogan. Compartilhe a dica se gostou, e deixe nos comentários qual produto nacional você quer ver na próxima review!

Huberds Shoe Oil

Você também pode gostar

10 Comentários

  • Responder
    Raul Pereira
    11/10/2017 at 13:47

    Você conhece a Barcelona Design? Eles tem botas bonitas e que parecem de qualidade. Gostei deste sapato: https://www.barcelonadesign.com.br/sapato-derby-couro-cafe-barcelona-design–

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      12/10/2017 at 11:42

      Oi Raul. Obrigado pelo lembrete. Coloquei na minha lista de reviews!

  • Responder
    Alvaro M. Bueno
    15/10/2017 at 13:03

    Lucas ótimo texto, parabéns! Sempre acompanho suas postagens. Você poderia testar a Bota Coturno Zariff Shoes Monk Strap? Estou esperando chegar esta bota na cor preta na minha numeração 40, mas só tem nas cores café ou havana… estou me segurando, pois eu queria a cor preta, sou motociclista e esta bota preta tem tudo a ver com as botas usadas nas décadas de 50 e 60 pelos motociclistas de Harleys americanas, mas como não tem um par na cor preta, vou acabar comprando café ou havana, mesmo… rsrs. Abração!

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      19/10/2017 at 09:22

      Obrigado Alvaro! Vou tentar!!!

      Se você também curte as botas de motociclista da década de 50 e 60 dá uma procurada pelos modelos chamados “Engineer Boots” (tem um texto aqui no blog)

      Teve uma época que a marca Braddock estava fazendo um modelo assim

      Abs!

  • Responder
    Mourac
    16/10/2017 at 17:29

    Parabéns Lucas, excelente texto! Recentemente estive para comprar uma bota Brogran, mas percebi só pelas fotos alguns pontos que você ressaltou que me fizeram abandonar a ideia. O desenho demasiadamente alongado da forma me assustou, e mesmo nas fotos os pés ganham uma desproporção incômoda. O ziper também me incomoda muito, mas ai acho que é questão de gosto. A questão do couro fino também dá pra perceber pelas fotos. Se você reparar, as botas não apresentam firmeza nas imagens e o couro fica “orelhudo” quando calçada. Outros detalhes visuais também me desagradam. Achei esse aspecto “encardido” , meio manchado da bota de gosto duvidoso, sobretudo porque não achei que ficou com um aspecto natural. Essas são todas questões estéticas, obviamente, uma vez que, como eu disse, desisti da compra. Mas considerando a ausência de marcas especializadas no mercado nacional, é sempre interessante ter um novo fabricante.

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      19/10/2017 at 09:21

      Bom que gostou da review!

      Concordo com suas observações e que muitos detalhes são subjetivos. Não achei essa forma tão alongada. Acho que pode ser o ângulo das as fotos e um outro detalhe que afeta a proporção: o recorte do brogue vai até lá átras. Isso deixa a metade da frente bem longa. Dá uma olhada no modelo Stow, da Tricker´s, para ver como a posição dos recortes afeta as proporções da bota.

      Abs!

  • Responder
    Cabral
    17/10/2017 at 09:22

    Lucas, já conhecia a Brogan e achava uma proposta interessante, mas parei no zíper, depois de ve-los não consegui mais ter interesse por ela.
    Dá uma olhada na Louie, comprei uma bota deles e gostei muito, alem da Timberland, que foi a minha ultima aquisição.
    Parabéns pelo blog!

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      19/10/2017 at 09:16

      Obrigado Cabral!

      Também adquiri uma bota e dois sapatos da Louie (na verdade, para essas reviews eu estou comprando e devolvendo). Já fotografei e estou editando o vídeo para postar também!

      Grande abraço

  • Responder
    ADEMARCIO
    17/10/2017 at 14:49

    Lucas, interessante e parabéns pela matéria, pois existem empresas do ramo calçadista no Brasil que merecem ter uma análise de seus produtos. Ficamos com aquela fixação do produto internacional e ja tive decepções com botas da Timberland. Conheço as botas, cintos, malas e mochilas da Brogan. Com relação às botas comprei logo que a Brogan foi lançada no mercado, aproximadamente 2 anos, investi na Patriot, meu modelo preferido, pela proposta e design totalmente diferenciados das outras marcas nacionais, tenho a bota até hoje, sem qualquer deformação no cabedal, calcanheira e biqueira, o interessante é que com o uso ficou ainda mais macia. Assim, após usar essa Patriot 6 meses, me senti bastante seguro para adquirir outros modelos da marca. Hoje tenho uns 9 pares de botas da Brogan, incluindo o modelo Roy, Patriot, Hooper, Tyler, Jaded e Denver . Confesso que no inicio tive uma certa resistência quanto ao ziper depois me adaptei e hoje acho fantástica a praticidade no calce e como eu disse antes, a minha primeira bota (Patriot) não apresentou qualquer deformação no cabedal ou problemas no ziper. Como vc referenciou o acabamento, costura deles é excelente, pois sou muito detalhista e acho que tenho TOC com costuras desalinhadas srsrsrsrsr. Gosto muito, também, do pós venda deles, atenciosos, práticos, ja precisei trocar numeração de um modelo e foi tudo perfeito. A mala acabo não usando com tanta frequencia , a mochila como as botas são minhas companheiras no “day by day” não apresentando qualquer problemas, assim como os cintos. A Numeração eu compro a minha normal, 39 e gosto da forma ser um pouco alongada pois fica um pequeno espaço que evita o contato dos pés com a biqueira. Sapatos, irei comprar agora, não tenho nenhum. Enfim não me arrependo do custo/benefício da Brogan. A Marca Louie tem produtos interessantes, tenho umas duas, mas já recebi bota de la com defeito no acabamento (costuras), palmilha descolando e no tingimento o que me desmotivou continuar comprando, apesar de terem efetuado a troca. Grande abraço!!!

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      19/10/2017 at 09:14

      Olá Ademarcio. Obrigado pela sua participação como cliente.

      Eu espero conseguir apresentar as marcas nacionais, mas continuo com a fixação com as internacionais. Não que as brasileiras sejam ruins, mas quem pode comprar, certamente terá um produto melhor comprando fora do Brasil.

      Não estou falando de marcas como a Timberland ou Caterpillar. Infelizmente, por causa de nosso mercado fechado, essas são as nossas referências de boas botas, mas não deveriam ser. Mesmo entre as botas de aventura (Timberland) e trabalho (Caterpillar) elas são consideradas medianas. A linha “lifestyle” das duas não é muito boa e só custa muito aqui no Brasil por causa dos impostos. Nos EUA, são vendidas normalmente em lojas de shopping equivalentes a Centauro, em Outlets, e até mesmo no Wallmart. É um produto de massa. Tem o seu lugar, mas não entre as referências de melhores botas.

      Seu depoimento quanto a experiência de uso das suas botas Brogan é excelente. Muito bom para quem está pensando em comprar mas não sabe se a bota vai durar. Como a marca é nova, ainda não temos muitos depoimentos de pessoas com anos e anos de uso então é ótimo ter você aqui.

      O design certamente é diferenciado e um ponto subjetivo. O zíper tem seu lugar em botas com o cano muito fino onde ele necessário para o calce (tipo alguns modelos side zip) mas sigo recomendando que se é possível calçar sem usá-lo, é melhor usar os cadarços mesmo!

      Abs e novamente, obrigado!

Deixe uma Resposta