Denim

calça jeans lee

Calça Lee: Onde encontrar os clássicos jeans Lee?

O jeans pode ter surgido na França, mas as grandes responsáveis pelo sucesso do tecido são três empresas americanas: Levi’s, Lee e Wrangler. Juntas, elas foram responsáveis por transformar a calça jeans na melhor roupa para trabalho e, mais tarde, reinventá-la como símbolo de juventude e moda. Nesta disputa de gigantes, a Levi’s foi com certeza a grande vencedora. Por isso, muitos acabam não lembrando de outra que marcou forte presença na história deste tecido que todos amam, a Lee.

Neste post, vamos explorar o legado desta marca que surgiu há mais de cem anos, e é nostálgica para muitos brasileiros. Continue a leitura!

kimono tradicional japones boro

Boro: Retalhos do Japão

Um ponto de costura pode contar uma história, entrelaçar-se em momentos e memórias. Linha e agulha podem encantar os olhos enquanto resolvem um problema prático. Um exemplo perfeito são os belos tecidos japoneses dos séculos XIX e XX, conhecidos como Boro.

Na antiguidade, os tecidos eram menos acessíveis do que são hoje. Remendos e retalhos preservavam e aumentavam a vida útil de uma roupa ou utensílio. Assim surgiu a técnica do Boro, definida pelo museu Victoria e Albert como a “prática de retrabalhar e reparar tecidos (muitas vezes roupas ou lençóis) através de remendos, retalhos e costuras, a fim de estender a sua utilização”.

As roupas e vestimentas cerimoniais dos camponeses do Japão medieval, chamadas “boro”, são amplamente admiradas como obras de arte. Seu tingimento índigo desbotado, costura sashiko e vários retalhos, encantam colecionadores e designers que buscam reproduzir o efeito em peças novas. A seguir, vamos tentar entender porque.

Raw Denim: Tudo sobre o jeans bruto

Raw denim, às vezes chamado de jeans bruto, é o jeans que não foi submetido a nenhuma processo de lavagem. El alguns casos, não chega a receber nenhum tipo de beneficiamento. Roupas feitas com raw denim começam rígidas e amaciam com o tempo de uso normal, ganhando marcas que refletem seu comportamento enquanto veste elas.

Pode parecer estranho, mas este tecido em seu estado natural sem nenhuma lavagem ou desgaste artificial é muito procurado por que desbota de forma individualizada com o tempo de uso. Duas pessoas usando a mesma calça vão acabar com produtos diferentes, ainda mais originais.

A calça jeans é mais do que uma roupa, ela é um ícone cultural. As antigas, ou vintage, são as mais valorizadas. Tanto é, que as marcas fazem de tudo para reproduzir as marcas de uso, utilizando lavagens que desgastam o tecido e prejudicam o meio ambiente. A verdade é que quase não se fazem mais calças como antigamente. Os detalhes mudaram, o azul indigo mudou.

Procurando resgatar as calças do passado, surgiu um movimento nos Estados Unidos, Europa e Japão, que buscou retomar o que há de mais especial nas calças jeans, a forma como ela se transforma com o tempo. Marcas começaram a fazer calças com detalhes anteriores a década de 60, época em que o jeans deixou de ser símbolo de trabalho e rebelião e virou peça fashion.

Uma calça feita com um bom raw denim, pois vamos descobrir que atualmente também existem tecidos feitos sem responsabilidade com a cadeia produtora, é fiel ao rico legado da calça jeans. É um universo muito interessante, e convido você a continuar lendo para descobrir esse mundo do jeans feito “à moda antiga”.