Ponto Corrente: Bainha Old School e Roping no Selvedge Denim

detalhe calça jeans selvedge
instagram só queria ter umPowered by Rock Convert

Para noventa e nove por cento da população, a bainha de uma calça não tem muita importância. Para a minúscula parcela de aficionados por raw denim, a costura com linhas laranja pode ser a diferença entre uma calça incrível e um fracasso de produto. Entre os mais entusiasmados, a bainha com ponto corrente é indispensável. Mas o que seria esse pequeno detalhe?

detalhe calça jeans selvedge

Quem lê o blog deve ter reparado que sou um super nerd da construção de roupas. Realmente gosto de entender como as coisas são fabricadas, principalmente o porquê de algumas técnicas antigas ainda serem procuradas hoje em dia.

O ponto corrente é um ponto formado por pontos que lembram uma corrente, obviamente. A preferência por este tipo de costura industrial é emocional. Esta bainha é considerada a mais autêntica, a mais “old school”, pois era assim que a bainha das calças jeans eram costuradas nos anos dourados do selvedge denim.

O outro motivo que leva a preferência por este tipo de bainha é a estética. Primeiro, porque a barra da calça fica mais robusta e bonita quando dobrada. Segundo, porque o ponto corrente de algumas máquinas antigas produz um efeito chamado “roping” a medida que o jeans desbota. Essas máquinas repuxam o tecido de maneira peculiar e geram fades inclinados, indispensável para os denim heads:

Ou seja, até a máquina utilizada faz diferença para um cliente mais empolgado!

bainha desbotada de um jeans

bainha desbotada de um jeans

banner-loja-geralPowered by Rock Convert
Lucas Azevedo
Escrito por Lucas Azevedo
Apaixonado por experiência do cliente, varejo e produtos. Criei o Só Queria Ter Um para compartilhar minhas experiências com botas, raw denim e vintage!