0
Só Queria Ter Um – Botas, Jeans, Classicos e Workwear
Moto Lace Up Boots
Botas Calçados

As Melhores Marcas de Bota do Mundo feitas no Japão

E aí? Como eu expliquei na primeira parte da série, estou montando um almanaque para os fãs de botas. Não é uma lista completa… sei que existem outras boas marcas de botas masculinas. Eu estou reunindo as que eu mais bacanas; seja pela estética, pela importância histórica, ou pela qualidade.

Na primeira parte eu destaquei as melhores botas feitas nos Estados Unidos, a maior referência em botas de trabalho. Agora, vem o Japão, um país cheio de produtos feitos com técnicas de tirar o fôlego.

O visual das botas japonesas tem uma conexão muito forte com o estilo americano, e outraos modelos tradicional, como o brogue dos ingleses. As políticas economias e de desenvolvimento japonesas criaram espaço para reprodução de clássicos, com atenção obsessiva aos detalhes, enorme ênfase no formato e no trabalho manual.

Enquanto as fábricas na Inglaterra e no mundo desaparecem, novos sapateiros ainda aparecem no Japão, investindo em propostas manuais e produto sob medida. Jovens japoneses são aprendizes em fábricas tradicionais no mundo todo.

Se são eles quem mais investem para manter as tradições vivas, também são eles quem mais apresentam novidades, com ousadia na aplicação da identidade japonesa. É aquela mistura de tradição e inovação que faz parte de tudo por lá.

Agora se liga nas melhores marcas de bota do Japão. Se você tiver alguma pergunta ou precisar de força na hora da compra é só deixar um comentário!

  • Moto

Leather Arts & Crafts MOTO é um grupo em Aoyama que o escultor Hideo Motoike começou em 1971.

A Moto trabalha o couro em forma de calçados e acessórios, e a estética dos produtos é o que me atrai. Repare na combinação de proporções e formas, e em como couro é cortado e tratado. Pelas botas, não fica tão aparente, mas pelos sapatos que tem no site, dá para ver que a estética tem um je ne sais quoi difícil de explicar.

A principal característica é couro a pintura e acabamento manual do couro. A pintura à mão é irregular, e deixa a base do couro descolorida, para com o tempo revelar uma mistura do tom original com a tinta superficial.

A minha linha favorita dessa marca é a MOTOR, com calçados inspirados pela garagem de trabalhos e memórias acumuladas durante as viagens de moto do fundador.

Site: Moto Leather Arts & Craft

Onde Comprar: No próprio site. Sem muitas opções de tamanhos maiores. Alguns produtos são feitos sob encomenda por causa do acabamento manual e não é possível desistir ou alterar a compra.

MOTOR Hand Dyed Engineer Boots

Motor Hand Dyed Engineer Boots

Moto Chukka Boots

Moto Chukka Boots

Moto Oil Velours Boot

moto-oil-velour

Moto Lace Up Boots

Moto Lace Up Boots

Moto Wingtip Boots

Moto Wingtip Boots

Motoratory Leather Sneakers

Motoratory Leather Sneakers

  •  White Kloud

As botas masculinas da White Kloud são brutas como uma Wesco e refinada como uma Edward Green. Misturam o melhor dos dois mundos através da técnica impecável do bootmaker Show Goto.

Essas botas são feitas à mão e sob encomenda (realmente bespoke). Exageradas, atendem perfeitamente o mercado do país, fascinado com entre-solas duplas/triplas, solas grossas, bordas polidas e mistura de construções.

Cada bota é feita individualmente para o dono, desde a forma de madeira, até a escolha dos detalhes finais. A construção é robusta, com uma mistura de construção palmilhada e stitchdown, mas o resultado é polido, quase delicado, como se fosse um elegante calçado social, com couro belíssimo.

Site: White Kloud Custom Boots

Onde Comprar: As botas são feitas sob medida. Quem quiser comprar precisa visitar a oficina para ser medido e escolher os materiais. É política para garantir um calce perfeito.

White Kloud Blutcher Boot

White Kloud Blutcher Boot

White Kloud Chukka Mon-Key Bite

White Kloud Chukka Mon-Key Bite

White Kloud Mushman

White Kloud Mushman

White Kloud Shorty Boots

White Kloud Shorty Boots

  • Clinch

A marca Clinch foi fundada em Tóquio, em 2011, por Minoru Matsuura.

Em 2008 o sapateiro experiente abriu a Brass, uma oficina de restauração. Depois de alguns anos customizando botas ele desenvolveu as próprias formas e abriu as portas para encomendas. Assim nasceu a Clinch, que hoje também tem alguns produtos para pronta entrega.

As botas da Clinch são feitas à mão (hand lasted e hand welted) e tem estilos e silhuetas vintage, puxando para o lado mais “dressy”, que eu vejo sendo usado com um terno por algum poderoso nos anos 30. Até mesmo a Engineer Boot e outros modelos casuais tem formato mais refinado, principalmente no bico, que tem uma bela proporção arredondada/achatada.

as melhores marcas de bota do mundo

Tem algumas botas para pronta entrega mas o foco ainda é a opção de botas feitas sob medida. Assim como a White Kloud, o processo começa com a medição do pé que é usada para esculpir uma forma de madeira. A bota é moldada em volta desta forma e o molde é ajustado para acomodar o pé do cliente, levando em consideração a largura do cano, o comprimento do cano, onde começam os dedos, onde está o arco, o calcanhar, etc.

Site: Brass Tokyo

Onde Comprar: Direto do site, pelo Rakuten Japão ou então na Pancho & Lefty, loja Suéca que tem alguns modelos especiais.

Clinch Engineer Boot

Clinch Engineer Boot

Clinch Lineman Boot

Clinch Lineman Boot

Clinch Moc Toe Boot

Clinch Moc Toe Boot

Clinch Cap Toe Boots

Clinch Cap Toe Boots

  • Chausser

Essa é uma marca que equilibra o foco artesanal e uma estética refinada. A Chausser chamou a minha atenção com as botas e sapatos feitos em shell cordovan, inclusive em cor natural.

A estética das botas é um pouco mais exagerada do que a média, com o meio bem estreito e a ponta levemente bulbosa, bico virado para cima. Não chega a ser tão extremo, mas se destaca no meio desta lista de botas com estética pesada.

Gosto bastante dessas duas botas em shell cordovan natural, que com o tempo se transforma em um couro bronzeado. Elas são perfeitas para os fãs do envelhecimento do couro e do conceito wabi-sabi.

Site: Plus by Chausser

Onde Comprar: Buscar no Rakuten Japão.

Chukka C-712

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Lace Up Boot C-7060

c7060na11
JSFM110820_a

 

  • Rolling Dub Trio

Não sei muito sobre a Rolling Dub Trio, só que faz botas ótimas – muito bem feitas, e os estilos e o design geralmente têm pequenos detalhes e uma qualidade extra que os torna únicos sem ser exóticos demais.

O sapato cano alto/bota cano baixo modelo Coupen é o clássico da RDT. Eu acho que algumas pessoas vão achar as fotos dessa bota meio desajeitadsa, com bico alto e solado tripo, mas fica bem legal no pé, e tem um charme “old fashioned” que eu curto bastante.

Outra bota com visual clássico old school é a Vincent, inspirada pelas botas e sapatos velhos pintados por Van Gogh, com um visual diferenciado que eu não vi em qualquer outro fabricante. A Sower é uma das melhores botas peco que eu vi, com pegada western e couro super espesso.

A Rolling Dub Trio aceita pedidos sob encomenda mas as numerações são limitadas. A linha pronta para venda flutua entre clássicos com visual “old fashioned” e alguns projetos bem ousados e estranhos, com cores e couros malucos, feitos em quantidades limitadas.

Site: Não tem. Está fora do ar, mas era o Rolling Dub Trio.

Onde Comprar: Encomendar de lojas japonesas através de um proxy, como a Mirror Ball, a Masuya ou a Mushmans. Só tem tamanhos pequenos, até o 9/9.5 US.

Rolling Dub Sower

Bota Rolling Dub Trio Sower

Rolling Dub Trio Forester

bota rolling dub trio forester

Rolling Dub Trio Coupen

Bota Rolling Dub Trio Coupen Marrom

Bota Rolling Dub Trio Coupen PretaRolling Dub Trio Monkey Boot

Rolling Dub Trio Monkey Boot

Rolling Dub Trio Vincent Boot

rolling dud trio vincent

Rolling Dub Trio Side Gore Boot

bota-chelsea-rolling-dub-trio-stan

Rolling Dub Trio Boys

bota rolling dub trio boys

Rolling Dub Trio Giraffe

Rolling Dub Trio Giraffe Bota Engineer Verde

Rolling Dub Trio Convict

Rolling Dub Trio Convict

  •  Foot the Coacher

Foot the Coacher é uma marca do grupo Gallery of Authentic, do designer Toshinosuke Takegahara, que quando jovem foi aprendiz e depois trabalhou em Northampton, região que fabrica os calçados mais nobres da Inglaterra.

A qualidade é muito boa, semelhante aos sapatos ingleses, já que o criador da marca é  um ex-Trickers. O couro é Horween e o estilo dos sapatos não é tão clássico, tem mais uma pegada rudeboy/roqueiro, com alguns modelos bem ousados também.

A marca tem um olhar bem vintage para os estilos de sapatos e botas ingleses. Talvez não apareça tanto nas botas que selecionei, tirando duas delas que são mais formais, mas os sapatos me lembram muito calçados da era vitoriana. Os sapatos de hoje em dia são bem mais simples do que daquela época, muitos detalhes e ornamentos foram abandonados, e a Foot the Coacher traz eles de volta.

Site: Gallery of Authentic

Onde Comprar: Pelo Rakuten Jp através de um proxy. Refine a busca pelo modelo de bota, usando o site oficial como referência.

Foot the Coacher Service Boots

Foot the Coacher Service Boots

Foot the Coacher Semi Brogue Boot

Foot the Coacher Semi Brogue Boot

Foot the Coacher High Toe Boots

Foot the Coacher High Toe Boots

Foot The Coacher Army Boots

Foot The Coacher Army Boots

Foot the Coacher Louie Boots

Foot the Coacher Louie Boots

  •  John Lofgren

John Lofgren é um californiano que vive a muito tempo no Japão, e obviamente a visão criativa por trás da John Lofgren Co. A visão da marca começou quando ele se aventurou pela primeira vez por brechó no início de 1980 e ficou louco com o estilo e a qualidade de botas antigas.

A marca incorpora substância e tradição, e orgulho de um artesanato excelente, valores atemporais que são refletidos nos produtos de qualidade superior. As botas tem uma pegada bem retrô, inspirada pelo vestuário do final do século XIX até o meio do século XX, e são todos feitos no Japão.

Os produtos tem construção Goodyear Welted, e tem o detalhe legal dos pontos que passam pelo meio da meia sola Vibram, prendendo a borracha à primeira camada da sola, de couro. Esse detalhe trabalhoso é muito encontrado em botas vintage, assim como o salto woodsman feito com várias camadas de couro e lixado perfeitamente.

Existem várias marcas que prestam homenagem a essa época idealizada dos Estados Unidos ali entre década de 30 e 50, com designs americanos classicos, e a John Lofgren está entre as melhores delas. As duas botas abaixo, uma Engineer Boot e outra estilo lace to toe, tem uma maravilhosa combinação de cabedal, sola e salto, com detalhe da vira “storm welt” que não aparece muito nessas reproduções vintage.

Donkey  Puncher Boots

john lofgren donkey puncher boots

Engineer Boots

john lofgren engineer boots

M-43 Service Boots

bota john lofgren m-43

  • Attractions

Eu só descobri as botas da Attraction depois de ter voltado do Japão. Queria muito ter visitado a loja em Harajuku!

Essa marca trabalha principalmente com roupas que fizeram parte da cultura jovem ao longo dos anos. Eles trabalham muito com a estética dos anos 50 mas os produtos não são necessariamente réplicas. Muitos são interpretações modernas com a sensibilidade vintage.

Ela não tem fabricação própria e por isso pensei em deixar de fora da lista, mas as Engineer Boots da Attractions são das mais bonitas que eu já vi.

Engineer Boot

attractions engineer boots

Jump Boots

attraction jump boots

  • Real McCoys / Buco

A The Real McCoys é especializada em reproduções extremamente detalhadas. A marca é dividida em grupos com identidades distintas, além de deter os direitos de marcas antigas que reviveram.

A The Real McCoys é influenciada por artigos militares da década de 1940 e 1950. A linha Joe McCoys busca inspiração no sportswear americano, denim e workwear. Já a Double Diamond, é um difusão dedicada à reproduzir peças workwear da virada do século.

Por último, a The Real McCoys também tem a licença da Buco, uma lendária marca de roupas e acessórios para motociclistas que havia fechado as portas e foi ressuscitada pelos japoneses.

As botas, como todos outros produtos dessa marca, tem padrões de qualidade e detalhe absurdos. Não estou falando de militarismo ou workwear superficial. A produção muitas vezes conta com a própria fabricação de algodão, e reproduz botões e zíperes originais.

O destaque entre as botas começa com a Field Boot N1, reprodução de uma bota da segunda guerra mundial. A Buco tem Engineer Boots incríveis, incluindo uma feita em couro de cavalo. A Monkey Boot, uma bota estilo lace to toe, e a Bear Head, uma bota worker clássica completam tudo o que você precisa em termos de botas masculinas.

Field Shoes N1

bota real mccoys field boot

Work Boots Bear Head

bota real mccoys bear head

Buco Monkey Boot

Monkey Boot Ten Mile

Buco Horsehide Cordovan Engineer Boots

BUCO HORSEHIDE ENGINEER BOOTS CORDOVAN

  • Lone Wolf / Buzz Rickson

Buzz Rickson, uma marca especializada em reproduções militares, e a Lone Wolf, uma marca especializada em reproduções workwear, pertencem ao grupo Toyo e por isso agrupei as duas.
A Buzz tem sua versão de botas militares clássicas, como a M-43, um dos modelos do exército americano durante a Segunda Guerra. A beleza das botas dessa marca está nas formas, que são reproduções das originais. Ao contrário de botas reproduzidas apenas para teatro casual, preocupado com a aparência, eles combinam o estilo com a construção de primeira.
A Lone Wolf faz o mesmo com modelos do workwear. As botas são reproduções de estilos vintage garimpados por aí. Todos os nomes remetem a uma profissão, mas sabe-se lá se já foram calçadas por alguém da área.

Buzz Rickson Service Shoe M43

buzz rickson service shoes m43

Buzz Rickson Civilian Patch Boots

Buzz Rickson Civilian Patch Boots

Lone Wolf Carpenter

lone wolf carpenter boot

Lone Wolf Logger

bota logger lone wolf

Lone Wolf Mechanic

lone wolf mechanic boot

Wireman

bota lone wolf wireman

Lone Wolf Farmer

lone wolf farmer boot

  • Derive

Eu não sei muita coisa sobre a Derive mas eu acho o site bem legal. Não pelo design, mas pela oferta de produtos.

Pelo que eu entendi só trabalham com botas feitas sob encomenda. O site tem todos os estilos disponíveis e todas as cores de couro que você pode escolher e misturar.

É legal porque você se divertir com alguns modelos clássicos que geralmente só estão disponíveis em cores sóbrias. Além da cor do cabedal também pode colocar a sola que quiser, trabalhar combinações e até escolher o forro.

Além das botas próprias eles também oferecem serviços de troca de sola para qualquer bota que você levar.

Derive Rooted Engineer Boots

Honeydew

Derive-Honeydew-Chukka

Trunk

Bota Derive Trunk

Bota Derive Trunk

Sprout

Bota Brogue Derive Sprout

E essas são as melhores marcas de botas masculinas feitas no Japão, a continuação da primeira parte, com as melhores marcas de botas dos Estados Unidos. Em breve vem a parte três, com botas do velho continente! Deixe um comentário com a sua favorita ou com sua dica de marca para ser incluída nessa lista.

Não se esqueça de curtir e compartilhar para divulgarmos produtos de qualidade e o melhor do estilo retrô!

Você também pode gostar

4 Comentários

  • Responder
    Noga
    13/06/2016 at 16:10

    Peças realmente incríveis Lucas… Uma verdadeira pena o nosso acesso a elas ser tão limitado.

    Tentei apontar uma preferida para comentar, mas a conta já passava de cinco, então deixa pra lá rss. A vontade é de comprar quase todas.

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      14/08/2017 at 18:12

      E aí Ramon, tranquilo?

      Acesso limitado mesmo mas cada vez mais elas estão ficando disponíveis em outros países. A barreira é o preço…

      O mercado japonês é bem peculiar. As pessoas tem muito dinheiro para gastar (acho que tem mais dinheiro em circulação do que a dívida do país). As marcas conseguem trabalhar nichos cobrando o que precisam cobrar (ou o que querem cobrar). A competitividade e poder de compra são bem peculiares por lá.

  • Responder
    Heron
    17/06/2016 at 10:29

    Lucas,
    Novamente uma ótima lista, parabéns. Sou apaixonado pelas engineer boots da Clinch. Esses japoneses são monstros, detalhistas ao extremo. Aquelas ondulações na vira da Rolling Dub Trio Giraffe são propositais ou consequência da costura?
    Abraços.

    • Lucas Azevedo
      Responder
      Lucas Azevedo
      14/08/2017 at 18:10

      Fala Heron. Valeu pelo comentário!

      Acho que você está falando das ondulações no topo da vira, certo? São propositais. É possível costurar com a vira alta e reta. As marcações que aparecem na Forester também.

Deixe uma Resposta