0
Comes e Bebes Destaque Destinos Lojas

Explorando São Paulo em um Final de Semana

Bem-vindos ao meu roteiro de um fim de semana em São Paulo.  Tenho certeza que vocês já viram muitos guias de São Paulo por aí, mas a minha São Paulo foi a que eu descobri com a ajuda dos amigos, durante três dias, tempo curto para explorar uma das maiores cidades do mundo.

A minha rota completa inclui algumas lojas que ganharam seus posts individuais (e outras que ainda vou postar). Essas você confere no link Rota: São Paulo (confira as outras locações na barra de navegação). Hoje, eu vou fugir do assunto “moda” para falar um pouco de onde dormir, o que comer, onde tomar um café ou drinks e alguns passeios pra relaxar.

Passei a maior parte da minha estadia em Pinheiros, que até agora eu considero o bairro mais legal em São Paulo, por reunir muita coisa que eu gosto. Não há uma explicação concreta, mas deve ser a soma dos restaurantes, lojas, bares e estabelecimentos por lá, mais o ambiente organizado e plano, bom para andar. Vão bora bater pé?

Dormir

Guest Urban

Rua Lisboa, 493 • (11) 3081-5030 – Pinheiros | http://www.guesturbansp.com.br

O Guest Urban fica em uma casa discreta, restaurada e transformada em um hotel bem cool numa rua tranquila de Pinheiros. A localização é excelente, perto de restaurantes, lojas, bares e praticamente ao lado da Praça Benetido Calixto, onde acontece uma feira vintage no Sábado.

Café

King of The Fork

R. Artur de Azevedo, 1317 – Pinheiros | http://www.kingofthefork.com.br/

No King of the Fork, tudo remete ao universo das magrelas. Os ciclistas sentem-se em casa no local, que vende itens como selim e luvas e tem um suporte para guardar bicicletas logo na entrada. Além dos bons grãos e métodos de coar café eles também servem outras coisas boas para comer no café da manhã, como waffle, iogurte natural com frutas e torrada com manteiga de amendoim. A barriga não fica só na cafeina!

Coffee Lab

Rua Fradique Coutinho, 1340. Vila Madalena | http://coffeelab.com.br/

Gosto de sentar do lado de fora, numa mesa na sombra do verde. Na parte interna funcionam as mesas para o público e também uma área bem espaçosa para os baristas trabalharem. Eles fazem todo processo dentro do Coffee Lab, desde a torra até o preparo do café.

Não deu para experimentar:

hm food cafe

Estava doido para conhecer o brunch do HM Food Café, dica do amigo Diogo Narita.

Comer

Meats

R. dos Pinheiros, 320 – Pinheiros | http://www.restaurantemeats.com.br/

Hamburgueria com ambiente moderninho, que lembra restaurantes do brooklyn em antigos galpões. A casa tem dois andares, paredes de azulejos, ilustrações divertidas nas paredes, muito alumínio e um fantástico letreiro com luzes amarelas. Eu fui no sanduíche de porco desfiado, o pulled pork, que é um favorito que não encontro em Belo Horizonte.

Z-Deli

R. Francisco Leitão, 16 – Pinheiros

O Z Deli é impressionante. Passei em frente todos os dias e vi uma aglomeração de pessoas na porta esperando a vez de comer um hamburguer na chapa. O cardápio é simples, como hamburguer deve ser. Tem poucas e bem sucedidas combinações de ingredientes que complementam o blend de carnes no ponto que você quiser. As fritas também são excelentes… sequinhas, com casca e temperadas.

Solo-Cozinha-Bar

Solo Cozinha & Bar

R. Simão Álvares, 484 – Pinheiros

A plaqueta na rua oferecendo barriga de porco de pele crocante me fez reparar na decoração do Solo, que é bem interessante. Acabei almoçando o menu executivo do dia, que era um filé à milanesa com purê de batata. Bom, mas quem é de BH conhece essa combinação como ninguém. Tomei junto com uma Red Ale de uma cervejaria Paulista e segui em frente.

Pra completar:

Estou sem fotos mas o restaurante Le Jazz também é outra excelente indicação! O ovo poché de aperitivo é uma delícia.

Beber

Cozinha 212

R. dos Pinheiros, 174 – Pinheiros | http://www.cozinha212.com.br/

A 212 está em beber mas também deveria estar na lista de comer. O ambiente aconchegante, rústico e bem decorado com garimpos. Os pratos são cozinhados sobre o fogo, um exercício para mestres, com ingredientes em estado bruto e sem muita interferência. A comida não deixa a desejar, e olha que já provei praticamente todos os pratos. Indico o cordeiro… carne que gosto demais.  O restaurante fica cheio, então vá sem pressa nem stress e qualquer coisa espere na calçada tomando uma no bar que tem saída para rua. Os baristas entendem tudo de drinks e recomendam as melhores opções, além das cervejas artesanais. Fui de Negroni, ótimo, por sinal.

Drosophyla

 

R. Nestor Pestana, 163 – Consolação | http://www.drosophyla.com.br/

O bar está em uma casa que é um show a parte. A decoração “mais é mais” e público completam o palco, que é um espaço para todas as tribos. Os drinks são as estrelas da casa, e os petiscos para acompanhar são incríveis! Vale dar uma entrada no Instagram da casa pra ver se tem alguma atração especial no dia.

Rolê

Liberdade

Tem feira no Liberdade todos os Domingos e eu achei a maior furada. As tranqueinhas China/Japão você pode comprar qualquer dia nas lojas, e a estrutura “oriental” em si é bem fraca (o jardim japonês é tosco). O bom do bairro são os restaurantes, que por causa da feira estavam lotados e com filas enormes. Comi um okonomiyaki no Izakaya Issa e um lamen no Momo e também gostei bastante da padaria Itiriki. Da próxima vez vou voltar fora do dia de feira para fazer tudo com mais conforto.

Centro Histórico

O centro de São Paulo impressiona. Passei pelo enorme Edifício Martinelli, o primeiro arranha céus do nosso país. Bem pertinho, virando a esquina, fica o Café Girondino, que é bem charmoso. O CCBB, em um prédio de 1901 também é maravilhoso.

Feira Benedito Calixto

Feira na Benedito Calixto

Tradicional ponto de encontro aos sábados em São Paulo, um lugar onde ferve velharia. Ela é conhecida como uma das melhores feiras de antiguidades do Brasil. É uma mistura de antiquário, com brechó e galeria de arte, com barracas de artesanato, obras de artes, antiguidades e artigos e acessórios relacionados a moda e design. Isso sem contar as barraquinhas gastronômicas que oferecem vários quitutes (pastel e caldo de cana) e as galerias e espaços que cercam a praça, também com muita coisa legal de marcas locais e uma proposta sustentável.

Compras

Ignis Industrial

Ignis Industrial –

Tudo o que é velho pode ressurgir em algo completamente novo. Essa é a filosofia que guia o trabalho da Ignis, estúdio de design especializado no estilo industrial.

Ler Mais

Liberty Art Brothers em São Paulo

Liberty Art Brothers

A Liberty Art Brothers é desses lugares que chama a atenção. Qualquer um que passe em frente a sua fachada de tijolo com lettering feito à mão na vitrine dourada cheia de acessórios masculinos e misteriosas peças vintage, sente vontade de explorar o que há do lado de dentro da Lab Store. Os produtos estão ali, discretamente espalhados: bandanas, anéis masculinos, pulseiras masculinas, colares masculinos, cintos de couro e carteiras biker com corrente.

Ler Mais

À La Garçonne

À La Garçonne

À La Garçonne é uma Disneylândia pra os vintage lovers. O espaço foi construído em um galpão, onde funcionava uma oficina, que teve suas características preservadas. Piso original, parede, e o pé direito alto, recurso que engrandece qualquer coisa, né? A loja traz peças europeias, americana e brasileiras, garimpadas em fábricas, escritórios e casas de família. O destaque vai para os sofás chesterfield, cercados por luminárias os móveis industriais, principal estilo à venda no local.

Ler Mais

B.Luxo Brechó em São Paulo

B. Luxo

O B. Luxo em São Paulo é uma das melhores lojas vintage do Brasil, se não a melhor. A gente adora uma hipérbole, mas é só você olhar para as fotos para ver que não tem exagero nessa afirmação.

Ler Mais

Loja Cutterman em São Paulo

Cutterman

Você vai encontrar o que vê no site. Produtos feitos através de processos artesanais com o couro como carro chefe. Tem as mochilas em lona e nylon, capa de óculos, cintos, carteiras, organizadores, pulseiras, chapéus, e decoração com belos móveis estilo industrial.

Ler Mais

Casa DiáriaA Casa Diária

Espaço de consumo e arte, cheio de novos designers e marcas independentes. Os dois Rafael, fundadores, escolheram pessoalmente o acervo da loja, que inclui roupas e acessórios, óculos de sol, livros e revistas, pranchas, mochilas, velas, acessórios para casa e para cozinha e chocolates especiais, entre outros produtos.

Em breve mais detalhes sobre a visita à loja!

Breaknecks São Paulo

Breaknecks

Universo da cultura kustom, envolvendo motocicletas, surf e skate em um só lugar. Inspiração forte do Japão e Califórnia.

Em breve mais detalhes sobre a visita à loja!

Valeu pessoal! Além disso tudo tem também as lojas que sempre gosto de visitar, e algumas novas que vou postar pra frente. Vocês podem completar o passeio com mais dicas da categoria Rota: São Paulo. Foi um fim de semana corrido, e mesmo ficando restrito a alguns bairros eu me surpreendo com o tanto de coisa para descobrir. Olha a gente feliz aí!

Ah, confira mais dicas de passeios na categoria Rotas!

lucas e nati benedito calixto

Você também pode gostar